domingo, 2 de junho de 2013

Sobrevoando Aracaju e o litoral sul de Sergipe

Após várias postagens com fotografias tiradas ao nível da rua, chega o momento de mostrar imagens aéreas. Conheça um pouco de Aracaju e do litoral sul de Sergipe, o menor estado brasileiro.


Vista aérea de Aracaju com destaque para a foz do rio Sergipe
Vista aérea de Aracaju com destaque para a foz do rio Sergipe (Fotos de março de 2013)
(CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIÁ-LAS / CLICK ON IMAGES TO ENLARGE THEM)

O nosso voo começa em Aracaju, a capital do estado de Sergipe. Com uma população de por volta de 570 mil habitantes, é a capital nordestina com menos moradores, permanecendo, assim, com um certo ar de tranquilidade. Apesar de a cidade não ser uma das capitais mais visitadas por turistas, possui uma das orlas mais bem estruturadas do país. A orla da Atalaia, localizada no bairro de mesmo nome, é a região mais turística de Aracaju. E é lá que se localiza grande parte das opções de hospedagem da cidade.

A orla costumeiramente é chamada como uma das mais bem estruturadas por conta das inúmeras opções de lazer e entretenimento. Com aproximadamente 4 quilômetros de extensão, é possível encontrar o Oceanário de Aracaju, localizado na região dos lagos artificiais; a praça dos Arcos, os quais são considerados o símbolo da orla; o Centro de Arte e Cultura J. Inácio; o Kartódromo Emerson Fittipaldi; parques infantis, com destaque para o "Mundo Maravilhoso da Criança"; feira de artesanato; pista de motocross; pista de esportes radicais; praça de eventos; muitas estátuas; quadras poliesportivas; restaurantes; quiosques; sorveterias; agências de receptivo e de aluguel de carro... Ufa! Tudo isso e muito mais!


Vista aérea da praia e orla da Atalaia, a região mais turística de Aracaju - Sergipe
Praia e orla da Atalaia, a região mais turística de Aracaju

Aracaju é privilegiada porque passam em seu território 4 rios: o Sergipe, o Poxim, o do Sal e o Vaza-Barris. O rio Sergipe é considerado o mais importante, pois foi em sua direção que a cidade começou a se desenvolver. O Centro da cidade fica em frente a esse rio e também uma das principais avenidas da cidade, a Beira-Mar, que na verdade, está à beira-rio. Antigamente, quando a região da Atalaia não era muito habitada, a população da cidade costumava banhar-se nas águas do dito rio, na chamada praia Formosa, onde hoje existe o bairro Treze de Julho, um dos mais nobres da cidade. A antiga prainha deu lugar a um denso manguezal.


Vista aérea dos bairros Coroa do Meio e Treze de Julho, em Aracaju - Sergipe
Em destaque, os bairros da Coroa do Meio (abaixo) e Treze de Julho (no  centro), em Aracaju

Na região central de Aracaju, os principais locais que merecem ser visitados são o mirante da Treze de Julho, localizado no calçadão de mesmo nome, em frente à avenida Beira-Mar; a região dos mercados, que guarda grandes surpresas aos visitantes, já que é possível visitar 3 mercados, que ficam lado a lado mas oferecem coisas diferentes. Os mais turísticos são o Antônio Franco e o Thales Ferraz, que dispõem principalmente de lojas de artesanato e de comidas típicas; o Parque da Cidade, onde é possível visitar o zoológico e fazer um passeio de teleférico sobre o zôo e a única reserva de mata atlântica da cidade; a Colina de Santo Antônio, local onde houve o início da povoação de Aracaju; a Orlinha do Bairro Industrial, que fica às margens do rio Sergipe, possui alguns restaurantes e um pequeno centro de artesanato, e, principalmente, tem uma bela vista para a ponte Aracaju-Barra; a catedral metropolitana e o centro de turismo, que estão localizados na praça Olímpio Campos; o Palácio-Museu Olímpio Campos e a ponte do Imperador, que estão localizados na praça Fausto Cardoso, a mais bonita da região central; e, por fim, o museu da Gente Sergipana, que, localizado na avenida Ivo do Prado, às margens do rio Sergipe, foi inaugurado no ano de 2010 e é considerado o museu mais moderno do Nordeste por possibilitar que o visitante conheça e principalmente interaja com objetos, histórias e brincadeiras da cultura popular sergipana.


Vista aérea da praia da Aruana, em Aracaju - Sergipe
Praia da Aruana, em Aracaju

Em se tratando de praias, no total, as de Aracaju possuem aproximadamente 25 quilômetros de extensão. Atalaia é a primeira, a mais urbana e a mais famosa, mas, continuando ao sul, é possível encontrar outras praias agradáveis. A primeira delas é a popularmente chamada de Aruana, mas que há pouco tempo passou a se chamar Aruanda. Nela, o ponto alto é o trecho dos quiosques de alvenaria padronizados que foram construídos no lugar de antigas barracas. Essa praia está num bairro que leva o mesmo nome, e esse é o primeiro da chamada zona de expansão da cidade. Após a Aruana, é possível encontrar as demais praias do litoral sul de Aracaju, são elas: Robalo, Náufragos, Refúgio e Mosqueiro.
  

Vista aérea do povoado São José, à margem do rio Vaza-Barris, em Aracaju - Sergipe
Povoado Areia Branca, às margens do rio Vaza-Barris, em Aracaju

Ainda na zona de expansão de Aracaju, é possível encontrar povoados que te fazem pensar estar numa cidade do interior. O povoado Areia Branca (não confundir com o município que leva o mesmo nome), retratado na imagem acima, é um deles. Nesse lugar, é possível encontrar casas, chácaras e sítios, sendo, muitas vezes, utilizados como moradia temporária de pessoas que moram nas áreas mais centrais de Aracaju. O povoado fica às margens de um dos braços do rio Vaza-Barris, possibilitando assim a prática de esportes náuticos e também a pesca de peixes e crustáceos.


Vista aérea da Crôa do Goré, no rio Vaza-Barris, em Aracaju - Sergipe
No centro da foto, a Crôa do Goré, localizada no rio Vaza-Barris

Seguindo mais ao sul, está a orla Pôr-do-Sol, que, inaugurada há poucos anos, virou um dos mais interessantes atrativos turísticos da cidade principalmente pela sua localização, em frente ao rio Vaza-Barris, e também pelo espetáculo natural que pode ser visualizado ao final da tarde e que dá nome ao lugar.

A partir da orla, é possível ir em pequenas lanchas ou até em catamarãs, a outro conhecido atrativo turístico da região: a Crôa do Goré, que pode ser vista na imagem acima. Na maré baixa, é possível desembarcar na pequena crôa de terra úmida onde foram montados quiosques de madeira e palha. Como todo dia um restaurante flutuante se desloca para o lugar, é possível passar algumas horas curtindo as belezas da região.


Vista aérea da ponte Joel Silveira, entre os municípios de Aracaju e Itaporanga d'Ajuda, em Sergipe
Ponte Joel Silveira, entre os municípios de Aracaju e Itaporanga d'Ajuda, em Sergipe

Da própria orla Pôr-do-Sol é possível avistar a primeira ponte do litoral sul sergipano. A ponte Joel Silveira possui pouco mais de 1.000 metros de extensão e foi inaugurada em 2010. Ela liga, através da rodovia Ayrton Senna, também chamada de SE-100 Sul e de Linha Verde, Aracaju ao município de Itaporanga d'Ajuda, e foi construída com o objetivo de facilitar o acesso tanto às praias do litoral sul, bem como para ajudar a diminuir o tempo de viagem entre as capitais de Sergipe e Bahia, notadamente Aracaju e Salvador. 


Vista aérea da praia da Caueira, no município de Itaporanga d'Ajuda, em Sergipe
Trecho urbano da praia da Caueira, no município de Itaporanga d'Ajuda

A praia da Caueira, localizada no município de Itaporanga d'Ajuda, é a primeira do litoral sul de Sergipe e está distante 30 km de Aracaju. O trecho mais acessível, mostrado na imagem acima, é o que fica no entorno da área urbana, e lá é possível encontrar uma pequena orla com alguns bares e mais de uma centena de casas de veraneio que são frequentadas por moradores de Aracaju e de outras cidades do interior sergipano. Na Caueira, é possível encontrar algumas pousadas e restaurantes/pizzarias, que funcionam o ano todo mas são mais frequentados aos finais de semana, feriados e no verão.


Vista aérea das dunas entre as praias da Caueira e Abaís, em Sergipe
Dunas entre as praias da Caueira e Abaís

A costa sul sergipana é repleta de dunas que começam principalmente na Caueira e vão até a praia do Saco, a última antes da divisa com a Bahia. Na imagem acima é possível ver um trecho com dunas que fica aproximadamente na divisa dos municípios de Itaporanga e Estância, entre as praias da Caueira e Abaís. É possível encontrar dunas que chegam facilmente aos 20 metros de altura.


Vista aérea da praia do Abaís, localizada no município de Estância, em Sergipe
Praia do Abaís, localizada no município de Estância

A segunda praia do litoral sul é a do Abaís, que pertence ao município de Estância. Rodeada por altas dunas, essa praia já foi uma das mais frequentadas do estado antes do desenvolvimento da Caueira, que passou a atrair a atenção principalmente por conta da menor distância para Aracaju. No geral, o Abaís possui urbanismo mais simples, principalmente em se tratando da orla e da pavimentação das ruas. Lá, também é possível encontrar algumas pousadas simples, bem como bares e restaurantes.

A praia do Saco é a última praia do litoral sul. Ela é também uma das mais bonitas e, consequentemente, uma das mais frequentadas. Diferentemente das outras duas praias que possuem mar mais agitado, em alguns trechos dessa última é possível encontrar mar tranquilo e com tonalidade mais clara, principalmente por conta da localização do trecho chamado de Ponta do Saco, que está na foz dos rios Real e Piauí. Na praia do Saco é possível encontrar uma quantidade maior de meios de hospedagem, de restaurantes e de bares.


Vista aérea da ponte Gilberto Amado, que liga Porto do Cavalo a Terra Caída, em Sergipe
Ponte Gilberto Amado, que liga os municípios de Estância e Indiaroba

É a partir do entorno da praia do Saco, saindo da rodovia Ayrton Senna e entrando na rodovia de acesso ao povoado Porto do Mato, que, em poucos quilômetros, é possível acessar a ponte Gilberto Amado, a última do litoral sul, que inaugurada no começo de 2013 e com extensão de pouco mais de 1.700, é uma das mais extensas sobre rio do Nordeste. Ela foi construída sobre o rio Piauí, entre o Porto do Cavalo (município de Estância) e o povoado de Terra Caída (município de Indiaroba). Após a sua inauguração, tornou-se possível ir de Aracaju a Salvador sem necessitar passar pela BR-101 ou sem atravessar por balsa. Ficou mais fácil, também, acessar o povoado Pontal, em Indiaroba, que costuma ser o último ponto de parada para aqueles que desejam acessar o famoso povoado de Mangue Seco, já na Bahia. Mas isso é assunto para uma nova postagem...

O litoral de Sergipe, com destaque para o litoral sul, apesar de não ser muito conhecido, é facilmente acessado através de rodovias bem cuidadas e sinalizadas e possui lugares muito interessantes para visitar. Vale a pena conhecer! ;)


11 comentários:

  1. Ano passado tive a oportunidade de conhecer Aracaju. Foram dias bastante proveitosos, conheci lugares como o parque da cidade, o mercado central, o centro histórico, o mirante, e toda a Orla de Atalaia. Infelizmente no último dia ocorreu um fato que não esperaria em Aracaju, pois depois de tantos dias andando livremente pela orla, sem falar nas informações que as pessoas me davam, dizendo que era uma orla tranquila à qualquer hora, pois bem, eu e um amigo fomos assaltados em plena 8:00 hrs da manhã! Foi no final daquela passarela que dá acesso à praia e que a entrada fica em frente àqueles monumentos de bronze com figuras históricas como JK e princesa Izabel. Logo, após o ocorrido a viagem estragou, ficamos bastante cabisbaixos e fomos embora. O triste é que sempre que lembro das belezas de Aju, vem a memória, a ocorrência desse fato, e isso acaba com toda a beleza que tenho guardada da cidade em minha mente (as fotos foram embora com a máquina rs).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Raul!

      É uma pena que isso tenha acontecido. Infelizmente, casos como esse não são raros, mas também não são muito frequentes. Enfim, espero que, apesar de não terem restado fotos, que ao menos fiquem guardadas as boas impressões que você teve antes do ocorrido.

      Abraços!

      Excluir
    2. Passaram a ser frequentes, na minha opinião. Antigamente lembro que ia com amigos para os lagos da orla e ficavamos até tarde em rodinha de amigos.. com toda tranquilidade e paz do mundo, era uma felicidade sentar sobre a grama sentindo a brisa do mar no rosto e toda aquela paisagem... infelizmente, de alguns anos pra cá a situação tem sido outra! ..eu mesmo já fui roubado por volta das 8 hrs da noite proximo ao oceanário, no parque da cidade tbm vira e mexe acontece assalto, INFELIZMENTE, isso acontece por conta da impunidade em todo o país!! ..o unico lugar q vou tranquilo é no parque da sementeira, e infelizmente nos shoppings(embora tenha q pagar estacionamento)

      Excluir
    3. É uma pena realmente esse tipo de coisa acontecer na nossa cidade, mas que vc possa voltar mais vezes Raul e aproveitar com maior tranquilidade a região, não podemos nos deixar virar refém desses bandidos.

      Excluir
    4. Sim, Eduardo, já foi muito mais tranquilo passear pela cidade, mas ela foi crescendo, crescendo e os gestores não souberam (ou não quiseram) muito bem como lidar com isso, infelizmente.

      Excluir
  2. Olha realmente é uma pena, mas acredito que um fato desse não possa apagar as beleza que aqui existe. O que ocorreu é uma fato, e pode acontecer em qualquer lugar, sendo que aqui é menos frequente. Obrigada Tito Garcez pelos elogios ao meu estado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está certa, Rosangela. E fico contente que tenha gostado da publicação! =)

      Excluir
  3. Agradeço pelas bonitas palavras sobre Aracaju. Nós a consideramos uma "menina linda". É uma cidade meiga e cheia de magia. Como em todos os lugares do mundo, existem pessoas que não andam de acordo com o correto. Mas, ainda se anda tranquilamente, com os cuidados devidos.

    ResponderExcluir
  4. Belas fotos e matéria de primeira, violência é relativo, pois quando uma região cresce, tudo acompanha, obrigado pela sua visita e volte para comer um bom carangueijo, curtindo a nossa cultura local...abçs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico contente em saber que gostou da publicação, Adelmo! Muito obrigado!

      Abraços!

      Excluir

Agradeço o contato! =)