Bahia

Salvador: um passeio noturno pelo Centro Histórico da capital baiana

"O que muita gente não sabe é que uma visita noturna ao Centro Histórico pode ser tão interessante quanto ir à luz do sol. Diferentemente do que acontece em áreas centrais e comerciais de outras cidades, e diferente até do que ocorre no bairro do Comércio, que fica ao lado do Mercado Modelo, existe movimentação principalmente a partir da Praça Municipal Tomé de Souza, já na Cidade Alta, local que é praticamente a porta de entrada para o chamado Pelourinho..." Para continuar lendo, acesse a publicação completa clicando aqui



Praia de Santo Antônio: uma tranquila e desconhecida praia do Litoral Norte da Bahia


"Entre algumas das mais agitadas praias do Litoral Norte baiano, está a pacata praia de Santo Antônio. Localizada no município de Mata de São João, estando mais precisamente entre os renomados destinos Imbassaí e Costa de Sauípe - ambos detentores de alguns dos principais resorts do país - e não muito distante da praia do Forte, um dos locais mais conhecidos e visitados desse litoral, é de se estranhar que exista um local acessível e incrivelmente tranquilo..." Para continuar lendo, acesse a publicação completa clicando aqui


Salvador: Apreciando o espetacular pôr-do-Sol na Barra

"Se há uma capital brasileira que é conhecida por ter uma das maiores orlas, ela é São Salvador da Bahia, ou, melhor dizendo, simplesmente Salvador. Também conhecida pela grande história e pela rica cultura, a primeira capital brasileira é um dos destinos mais visitados por turistas do país e de fora dele. O meu primeiro relato sobre a cidade não poderia fugir das belezas naturais, então nada melhor do que falar sobre o famoso pôr-do-Sol na Barra. Mas antes abordarei um pouco sobre esse bairro..." Para continuar lendo, acesse a publicação completa clicando aqui





"Antes de ser considerada cidade em 1881, Ilhéus recebeu o título de Vila em 1534 e passou a ser chamada de São Jorge dos Ilhéos. Ela foi umas das 5 primeiras a serem instaladas no Brasil e tudo isso ocorreu na época das capitanias hereditárias, sendo esta um dos 15 grandes “lotes” divididos pela coroa portuguesa. O posto de freguesia só foi alcançado em 1556..." Para continuar lendo, acesse a publicação completa clicando aqui


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço o contato! =)